Translate Welcome

SE ALGUÉM FALAR, FALE SEGUNDO AS PALAVRAS DE DEUS; SE ALGUÉM ADMINISTRAR, ADMINISTRE SEGUNDO O PODER QUE DEUS DÁ, PARA QUE EM TUDO DEUS SEJA GLORIFICADO POR JESUS CRISTO, A QUEM PERTENCE A GLÓRIA E O PODER PARA TODO O SEMPRE. AMÉM. 1 Pe 4.11

A PAZ DO SENHOR JESUS CRISTO

Arquivo do blog

domingo, 30 de maio de 2010

A presidência de Obama é uma fraude



O Governo Obama: A Etapa Final do Jogo da Comissão Trilateral

Autor: Patrick Wood, editor de The August Review
30 de janeiro de 2009


[Nota: Para maior clareza, os nomes dos membros da Comissão Trilateral aparecem em negrito.].
Como observado em um artigo anterior, "Pawns of the Global Elite" (Os Peões da Elite Globalista), Barack Obama foi preparado por membros-chave da Comissão Trilateral. Mais notavelmente, Zbigniew Brzezinski, co-fundador da Comissão Trilateral com David Rockefeller em 1973, foi o principal assessor de política externa de Obama durante a campanha eleitoral.
A atenção dada a Obama é semelhante ao acompanhamento de Brzezinski ao candidato Jimmy Carter, antes da eleição dele em 1976 por uma larga margem de votos.
Para qualquer pessoa que duvide da contínua influência da Comissão sobre Obama, considere que ele já indicou pelo menos onze membros da Comissão para cargos de primeiro escalão e cargos-chave em sua administração.
De acordo com as listas oficiais de membros da Comissão, existem somente 87 membros provenientes dos EUA (os outros 337 membros são de outras regiões). Assim, em menos de duas semanas após tomar posse, as indicações de Obama envolvem mais de 12% do número total de membros da Comissão nos EUA.
Isto é uma mera coincidência, ou é uma continuação do domínio da Comissão sobre o Poder Executivo desde 1976? (Para informações importantes de pano de fundo, leia o artigo "A Comissão Trilateral: Usurpando a Soberania das Nações").
  • Secretário do Tesouro: Tim Geithner
  • Embaixadora na ONU: Susan Rice
  • Assessor de Segurança Nacional: General James L. Jones
  • Subassessor de Segurança Nacional: Thomas Donilon
  • Presidente da Comissão de Recuperação Econômica: Paul Volcker
  • Diretor da Inteligência Nacional: Almirante Dennis C. Blair
  • Assistente da Secretária de Estado para a Ásia e o Pacífico: Kurt M. Campbell
  • Subsecretário de Estado: James Steinberg
  • Enviado Especial do Departamento de Estado: Richard Haass
  • Enviado Especial do Departamento de Estado: Dennis Ross
  • Enviado Especial do Departamento de Estado: Richard Holbrooke.
Existem muitos outros vínculos incidentais com a Comissão Trilateral, como por exemplo:
A Secretária de Estado Hillary Clinton é casada com o ex-presidente William Jefferson Clinton, que é membro da Comissão.
O grupo informal de assessores de Geithner inclui E. Gerald Corrigan, Paul Volcker, Alan Greenspan e Peter G. Peterson, entre outros. O primeiro emprego de Geithner após deixar a faculdade foi com Henry Kissinger, na Kissinger Associates.
Brent Scowcroft foi um assessor não-oficial de Obama e foi mentor de Robert Gates, o Secretário da Defesa.
Robert Zoellick é o atual presidente do Banco Mundial.
Laurence Summers, Assessor Econômico da Casa Branca, teve como mentor o ex-Secretário do Tesouro, Robert Rubin, durante o governo Clinton.
Existem muitos outros nomes, mas estes são suficientes para você ter uma ideia do que está acontecendo.


Analise os Cargos


Observe que cinco dos indicados da Trilateral envolvem o Departamento de Estado, onde a política externa é criada e implementada. Hillary Clinton certamente está alinhada com essas políticas, pois o marido dela, o ex-presidente Bill Clinton, também é membro da Comissão Trilateral.
O que é mais importante do que a recuperação econômica? Paul Volcker é a resposta.
O que é mais importante que os serviços de Inteligência: O general James Jones, Thomas Donilon e o almirante Dennis Blair ocupam os três postos máximos.
O que é mais importante que o Tesouro e salvar o sistema financeiro? Timothy Geithner diz que tem as respostas.
O Departamento de Estado está virtualmente dominado por membros da Trilateral: Kurt Campbell, James Steinberg, Richard Naass, Dennis Ross e Richard Holbrooke.
Susan Rice é a embaixadora junto à Organização das Nações Unidas. A ONU é o instrumento escolhido para a governança global final. Rice ajudará a subverter os EUA e colocar o país sob o guarda-chuva dos Estados vassalos da ONU.


Conflito de Interesses


Desde 1973, a Comissão se reúne regularmente em sessões plenárias para discutir os trabalhos de ações políticas desenvolvidos por seus membros. As políticas são debatidas de modo a alcançar o consenso. Os membros respectivos retornam aos seus países para implementarem políticas coerentes com esses consensos.
O propósito original declarado da Comissão Trilateral era o de criar uma "Nova Ordem Econômica Internacional". A declaração atual foi reestruturada e diz "patrocinar uma cooperação mais íntima entre essas áreas industrializadas e democráticas centrais do mundo, com responsabilidades de liderança compartilhadas no sistema internacional mais amplo". (Veja o sítio da Comissão Trilateral na Internet).
Os membros da Trilateral nos EUA implementam as políticas determinadas por uma maioria de outros membros, que não são americanos, e que na maioria das vezes trabalham contra os melhores interesses do país.
Como? Você pergunta.
Desde a administração Jimmy Carter, membros da Trilateral vêm ocupando os seguintes cargos tremendamente influentes:
  • Seis de oito dos presidentes do Banco Mundial, incluindo o atual presidente, Robert Zoellick;
  • Oito de dez Representantes Comerciais dos EUA;
  • O presidente e/ou vice-presidente de todo governo eleito (exceto Obama/Biden);
  • Sete de doze Secretários de Estado;
  • Nove de doze Secretários de Defesa.
Você está começando a compreender a enormidade da influência?


A Etapa Final do Jogo Está Para Acontecer

Para os membros da Trilateral, o jogo está quase acabado. O recente reaparecimento dos membros originais Henry Kissinger, Zbigniew Brzezinski, Brent Scowcroft e Paul Volcker serve para reforçar a conclusão que a Nova Ordem Econômica Internacional está próxima.
A Comissão Trilateral e seus membros planejaram o sistema global econômico, comercial e financeiro que atualmente está em um estado de caos total.
Será que isso significa que eles perderam? Dificilmente.
Como escrevi recentemente no artigo "Chorus call for New Order Order", eles estão usando a crise para destruir o que resta da soberania nacional, para que a N.O.M. possa ser final e permanentemente estabelecida.


Conclusão

A presidência de Obama é uma fraude e não merece confiança. Obama foi eleito prometendo trazer mudança, porém desde o início, mudança não é algo que está em vista. Ele foi cuidadosamente preparado e financiado pela Comissão Trilateral e seus amigos.
Em resumo, Obama é meramente a continuidade das desastrosas políticas que trouxeram ruína econômica sobre os EUA e para o resto do mundo. A experiência Obama pode ser comparada com a de Jimmy Carter, cujo mote de campanha era: "Eu nunca mentirei para vocês".
Quando a base Democrata finalmente perceber que foi ludibriada novamente (Bill Clinton e Al Gore eram membros), talvez isso provoque uma verdadeira revolução que expulse os políticos e agentes da Trilateral para fora do país, junto com suas políticas.
Muitos Republicanos e conservadores ainda estão lambendo suas feridas após finalmente descobrir que George W. Bush e Dick Cheney os ludibriaram da mesma forma durante dos desastrosos oitos anos de implementação das mesmas políticas!


Autor: Patrick M. Wood (The August Review), em http://www.augustreview.com
Data da publicação: 18/2/2009
Transferido para a área pública em 30/1/2010
Revisão: http://www.TextoExato.com
A Espada do Espírito: http://www.espada.eti.br/obama-trilateral.asp
.

Postagens populares

JESUS o único caminho

A B E N Ç Ã O DO SENHOR ESTEJA SOBRE OS SINCEROS

O SENHOR te abençoe e te guarde; o SENHOR faça resplandecer o seu rosto sobre ti e tenha misericórdia de ti; o SENHOR sobre ti levante o seu rosto e te dê a paz. Nm 6.24-26

Quem sou eu

Minha foto

Meu nome: Maurício Cerqueira, sou pastor da Assembleia dos Santos (Nome dado pelo Senhor em profecia) igreja do Senhor e seus remanescentes; pela misericórdia antes de ser consagrado pelo homem, tive o privilégio de ser consagrado pelo DEUS TODO-PODEROSO. Então, vivo para a Sua obra e persevero na Palavra, é necessário, pois me foi imposta esta obrigação (Jeremias 15:16). Tenho outro grande privilégio de trabalhar só para o Altíssimo e aprender a viver no dia a dia João 5:39; 14:21; Mateus 7.21; 22.37-39; I Coríntios 7:23; 13; Salmos 37.4; Provérbios 1.7; 2; Jeremias 15.16; 29.13 e 33.03... e a ser grato ao SENHOR que me proporciona todas as condições, me sustentando de todas maneiras para se concretizar o seu querer na vida deste servo inútil que lhe pertence. A L E L U I A

Receba atualizações por email

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

>