Translate Welcome

SE ALGUÉM FALAR, FALE SEGUNDO AS PALAVRAS DE DEUS; SE ALGUÉM ADMINISTRAR, ADMINISTRE SEGUNDO O PODER QUE DEUS DÁ, PARA QUE EM TUDO DEUS SEJA GLORIFICADO POR JESUS CRISTO, A QUEM PERTENCE A GLÓRIA E O PODER PARA TODO O SEMPRE. AMÉM. 1 Pe 4.11

A PAZ DO SENHOR JESUS CRISTO

Arquivo do blog

domingo, 27 de setembro de 2015

"O ALIMENTO ESSENCIAL PARA A VIDA"

                      Cloreto de Magnésio PA – O Santo Remédio
[Imagem: cloreto_magnesio.jpg]

Chamado de “mineral da bela” pelos chineses antigos, a sua beleza é vista no poder de cura absoluta que ele contém.


É nada menos que um mineral milagroso. Ele tem a chave para centenas de reações enzimáticas essenciais e nos processos celulares. Cloreto de Magnésio, quando fornecido em quantidades suficientes, pode melhorar a fisiologia celular de uma forma muito poderosa.




Cloreto de Magnésio PA


Sem o magnésio nosso corpo colapsa, avaria, perde a energia, não consegue efetuar reparos aos danos sofridos. O cloreto de magnésio pode ser considerado como uma solução médica milagrosa para a humanidade.

Quando os níveis celulares baixos são corrigidos é isso que parece, que um milagre ocorreu. Inúmeras queixas se vão sem nenhum dos remédios modernos, que intoxicam e não cumprem o papel de curar. Na minha clínica vejo isso acontecer diariamente.

O que é?


O Cloreto de Magnésio PA é um composto químico inorgânico, de fórmula MgCl2, constituído por um íon magnésio e dois íons cloreto. É usado na medicina, para fins terapêuticos, como fonte de íons de magnésio, essenciais para muitas atividades celulares.

Qual a Função?


A função principal do magnésio é na ativação enzimática – este mineral está envolvido em mais de 350 reações enzimáticas essenciais à vida, abrangendo todos os aspectos da fisiologia humana.

Também tem ação direta na produção de ATP, a molécula de energia do nosso corpo, no funcionamento do músculo cardíaco, na formação de ossos e dentes, no relaxamento de vasos sanguíneos, na função intestinal, e em muitos outros órgãos e tecidos.

As duas funções mais importantes do magnésio são regular o metabolismo do cálcio no organismo: fixar cálcio onde necessário e elimina-lo donde provoca doença. As calcificações na coluna, as calcificações nas articulações, as calcificações nas artérias, ocorrem por carência de magnésio.

As calcificações nos rins, (cálculos de oxalato de cálcio), ocorrem por falta de magnésio. Basta repor magnésio que ele derrete esses cálculos renais, que não sejam os de urato e fosfato.

[Imagem: equilibrio-300x236.png]

Onde se Encontra?


Aproximadamente 60% do magnésio estão armazenados nos ossos, 26% nos músculos, e os 14% restantes estão distribuídos pelos outros tecidos e fluidos corporais.

Há uma alta concentração de magnésio nos órgãos mais ativos metaforicamente, como o cérebro, coração, fígado e rins. O magnésio é tão precioso para o corpo que fica quase todo guardado dentro das células, no compartimento intracelular. Somente 1% do nosso magnésio total circula pelo sangue.

Níveis de Magnésio no Corpo


Quase sempre o magnésio se encontra dentro dos níveis de referência considerados normais. Se o magnésio presente no sangue estiver baixo, isto significa que a situação está crítica e há uma deficiência crônica e perigosa.

Na verdade a deficiência de magnésio deve ser medida pelos sinais e sintomas que o indivíduo apresenta, e as estimativas são de que 80% da população têm carência de magnésio.




Factores que acarretam carência de Magnésio:


  • Solo pobre em Magnésio e o uso de adubos químicos N.P.K. (Nitrogênio, Fósforo e Potássio). Por antagonismo o nível de potássio absorvido pela planta inibe a absorção do Magnésio.

  • Consumo excessivo de gorduras saturadas, laticínios e proteínas na alimentação diária;

  • Prática de esportes ou de exercícios de alta intensidade, que provocam muita sudorese;

  • Regimes de emagrecimento prolongados;

  • Uso habitual de diuréticos e ou de laxantes;

  • Mulheres que fazem uso regular de pílulas anticoncepcionais ou reposição de estrogênio;

  • Elevado consumo de bebidas alcoólicas e ou excesso de refrigerantes à base de cola;

  • Dietas ricas em carboidratos (açúcar) e sal refinado;

  • Estados frequentes de ansiedade e “stress”;

  • Consumo elevado de produtos a base de Cálcio.


Sinais de Carência:


A deficiência de magnésio pode ser detectada a partir de queixas, desconfortos e diversas doenças presentes no indivíduo:

[Imagem: acido-urico.jpg]

Ansiedade, pânico depressão, insônia, nervosismo, hiperatividade, desordem de atenção, doenças cardíacas, tromboses, hipertensão arterial, doenças hepáticas, doença renal, cálculos, cistites de repetição, diabetes hipo glicemia, fadiga crônica, doenças intestinais, obstipação, asma, tensão pré-menstrual, infertilidade, cólica menstrual, verrugas.

Irritabilidade dos nervos e músculos, inclusive tiques nervosos e cãibras transtornos neurológicos e psíquicos, como dores de cabeça, vertigens, cansaço visual, tremores nas pálpebras, batimentos cardíacos irregulares (taquicardia). distúrbios glandulares, transtornos digestivos, lentidão no funcionamento do fígado, contrações da vesícula biliar, micções noturnas e problemas na próstata.


Dosagem do uso do magnésio:


O Magnésio pode ser tomado para reposição de carências (todas as pessoas no mundo ocidental têm carência de Magnésio ), ou no caso de algum problema em especifico.

Temos que ter sempre em conta que cada corpo é um corpo, cada caso é um caso.

Toma por reposição de carências


No caso da toma por reposição de carências, dissolva 20 gramas de Cloreto de magnésio PA (o equivalente a 2 colheres de sopa rasas) em um litro de Água mineral, e tome um copinho de 25ml 3 vezes ao dia.

Comece por esta dose baixa, e vá elevando até atingir o ponto ideal. O Ponto ideal atinge-se quando sente um bem estar geral em todo o seu organismo.

Para a Limpeza de Feridas


Para a limpeza de feridas a proporção é de 1/5 colher de sopa 10 gramas para 1L de água filtrada ou fervida. Além do efeito bactericida, esta solução de cloreto de magnésio estimula a imunidade local, o que ajuda a acelerar a cicatrização.




Suplemento Alimentar


O magnésio é de enorme importância no uso do dia a dia. Todos o deveríamos tomar.

[Imagem: fibras.jpg]

Os alimentos hoje são muito pobres em magnésio. O motivo é simples: as plantas precisam muito do magnésio para respirar – o mecanismo clorofílico, a fixação do gás carbônico e eliminação do oxigênio é um processo realizado através do magnésio.

Acontece que o adubo químico que se usa hoje em dia é o NPK – nitrogênio, fósforo e potássio. Ou seja, não se repõe o magnésio na terra. Antigamente – quando as cidades eram todas de casas que tinham fossa – o magnésio que é eliminado pelas fezes voltava para o lençol freático. Hoje os esgotos são tratados e as terras encontram-se cada vez mais pobres em magnésio.

Há contraindicação para o uso do Cloreto de Magnésio?


A única contraindicação que precisamos ter em conta é se estiver fazendo hemodiálise.

O único motivo para esta indicação é porque o magnésio em excesso é eliminado pela urina. Se a pessoa não estiver urinando, pode passar de uma hipomagnesemia – que é o comum – para uma hipermagnesemia – magnésio em excesso no seu organismo.

No caso de insuficiência renal é sugerido iniciar a tomar com doses muito baixas até que os rins funcionem; depois já se pode tomar do magnésio normalmente.

Os “milagres científicos” da Medicina


Apesar de toda a fortuna investida pelos grandes laboratórios na busca de medicamentos fabulosos e mirabolantes, no século 21 a humanidade continua sendo vitimada por doenças crônicas e degenerativas cuja incidência aumenta cada vez mais.

Diabetes, doença cardíaca, câncer, obesidade, doenças neurológicas, depressão, osteoporose – estas pragas modernas explodem e fogem do controle de autoridades médicas, sanitárias e governamentais, e o pior é que eles estão perdidos e confusos sobre os fatores básicos ligados à saúde.




A simplicidade do magnésio


A base da verdade científica na medicina está no magnésio, pois ele está no centro exato da vida biológica, assim como o ar e a água.

[Imagem: magnesium-chlorophyll.jpg?646]

Magnésio é o elemento central na clorofila e a base do início da vida no planeta.

A luz da vida


No centro da molécula de clorofila, presente em todas as plantas, está um mineral essencial para a vida, o magnésio. É ele que captura a luz solar e a transforma em energia num processo conhecido como fotossíntese.

É interessante notar que a clorofila é quase idêntica à hemoglobina, uma molécula presente no nosso sangue e responsável pela oxigenação dos tecidos – a diferença entre estas duas moléculas é que o átomo central da hemoglobina é o ferro, e o coração da clorofila é o magnésio.

Nas plantas é o magnésio que vai transformar a luz em alimento. Deste fato depende toda a vida na face da Terra. Se as plantas não tiverem magnésio, elas não são capazes de se nutrir através dos raios solares. Quando o magnésio está deficiente a planta definha, perde o viço e começa a morrer.

Nós somos assim também – não poderíamos respirar, mover os músculos ou usar nosso cérebro sem magnésio suficiente em nossas células.

[Imagem: corpo.jpg]

A CURA DO PADRE BENO


O magnésio é uma descoberta fulminante da década de 1980, pouco difundida. Não é remédio, mas sim alimento essencial para a vida, a ponto de animais novos, bem tratados, mas sem magnésio, morrerem todos em um mês. O magnésio controla 18 minerais e tem umas 300 funções.

Quem sofre de bico de papagaio, nervo ciático, coluna e calcificação pode se curar de forma perfeita, indolor, fácil e barata. E tem, ao mesmo tempo, a cura de todas as doenças causadas pela carência de cloreto de magnésio no passado, até a artrose.

Padre. Benno J. Shorr – padre jesuíta, Professor de Física, Química e Biologia do Colégio Catarinense / Sta. Catarina.

O Magnésio


O magnésio é uma descoberta fulminante da década de 1980, pouco difundida. Não é remédio, mas sim alimento essencial para a vida, a ponto de animais novos, bem tratados, mas sem magnésio, morrerem todos em um mês. O magnésio controla 18 minerais e têm umas 300 funções.

[Imagem: dor_nas_costas_thumb%25255B2%25255D.jpg?imgmax=800]

O Segredo do Magnésio


É indispensável conhecê-lo. Todos nós nascemos de uma única célula, que se multiplica, até a idade adulta, em cerca de 100 trilhões de células variadas, que nos dão calor e energia. Enfileiradas, dariam uma volta ao mundo, ou mais.

Célula Sadia


Cada célula tem no seu interior um pequeno núcleo, tido como sede da vida, com toda a programação da primeira célula.

O núcleo consiste de enorme conjunto de átomos, em forma de rede espiralada, onde aqui e ali há um átomo de magnésio, tipo “borrachinha” – este é o segredo! Tais células são flexíveis e ativas, como o corpo todo.

Na formação das novas células, o magnésio escolhe as substâncias programadas, todas de origem animal, como único material de construção, ao menos até os 6 anos de idade, para dar acabamento ao cérebro e evitar deficiência mental. Assim, cada célula sabe e segue o programa da primeira célula, sem faltar um cabelo sequer. Nos adultos, a célula-mãe se desfaz, para evitar o “gigantismo”. O magnésio constrói as células.

Célula Doente


Se faltar magnésio na formação das células, invade seu lugar o cálcio, tipo “pedrinha”. Tais células vão perdendo flexibilidade e atividade, e todo o corpo endurece, envelhece e se cansa à toa.

Aí, o “diabo está solto”… O cálcio mata pelo menos 80% por doenças como calcificações, artrites, ciáticas incuráveis, câncer, infartos – umas 6 mil doenças. Umas são de doer e gemer. Outras são de morrer, no duro! Mas agora temos…

A Magia


Basta devolver o magnésio que falta, e ele vai direto aos núcleos chutar fora as pedrinhas, o cálcio invasor, e retoma seu lugar como “borrachinha”. Assim, o corpo endurecido volta aos poucos a ser flexível e ativo, pois o magnésio é o restaurador das células. O magnésio, com seus 18 minerais ajudantes, vai patrulhando até os últimos becos do corpo, limpa as arteriazinhas… O magnésio chega lá!

Alimentos Refinados


Então o bom Deus esqueceu do magnésio nos alimentos – Não! Ele entregou o domínio da natureza perfeita ao homem racional. A culpa é do próprio homem, obcecado por paixões de ganância, gula, vaidade…

O industrial visa a lucros e refina, retira o -sujinho- dos grãos de arroz e do trigo, o melaço escuro do açúcar. Do sal marinho, rejeita o magnésio, que umedece, o iodo, e mais 20 sais salubérrimos. Gaba-se do “progresso”, dos “alimentos brancos”… Desses 4 alimentos básicos, os mais consumidos no mundo, vende a bom preço esses restinhos “sujos” ao gado, para a sua saúde. Logo, sabe o que faz! No entanto, reserva para si o restante “bagaço branco” e, doente, corre à farmácia, pagando o cêntuplo por drogas ineficazes. Assim, o homem “fatura” nada menos que 50% das mortes por cancro…

[Imagem: download.jpg]

Stress


É o esgotamento perigoso, por falta de magnésio nos alimentos industrializados. Isso provoca em gente ativa um ciclo perigoso, assim: A falta de magnésio faz das ocupações preocupações, ânsia que gera o começo do estresse, que consome magnésio. Recomeça o ciclo, sem parar: Menos magnésio dá mais ânsia, mais estresse e menos magnésio, mais ânsia… até ocorrer o colapso, às vezes fatal.

O meu Caso


De quase paralítico, como referência. Aos 55 anos de idade, sentia estranho peso na perna direita. Aos 65 anos, virou dor intratável. Aos 69 anos formigava toda a perna ao ficar em pé (sentado, não).

Então atinei ser bico de papagaio, já visível aos 55 anos, que calcificara e apertava o nervo que descia à perna. Fugia da dor sentando e, na cama, enrolado como um gato. Ouvi de um especialista: -

Isso já não é um bico, mas sim um bando de papagaios! Todas as vértebras estão calcificadas, curvando a espinha. Não tem cura?. Angustiado, apelei instantaneamente ao bom Deus para dar um “jeitinho”… Pouco depois, o padre Suarez mostrou-me no livro do padre Puig o uso do magnésio…

A minha Cura


Comecei com uma dose diária, durante uma semana. Tudo bem! Tomei então duas doses, sempre sentado ou enrolado até o 20º dia, quando acordei tarde e – vejam só! – estirado, reto, sem dor.

Caminhar sem dor, somente no 30º dia, quando me levantei como que a sonhar de felicidade, pois nada mais me doía. Pequeno passeio, contudo, me fez voltar o peso de outrora, mas que em poucos dias também sumiu. Assim, a perna sofrida estava até melhor que a outra…

Efeitos Simultâneos


[Imagem: 9f9a0ad709e8e992a74c2ebe913825b4.jpg]

Além da ciática, curou logo o coração. Sumiram as pontadas do fígado. A prostatite aguda em um ano pouco incomodava. Três anos depois, nem sinal dela.

Descalcificou-se a espinha, e em 3 anos fiquei flexível como cobra. A lucidez voltou e o cansaço se foi. Curei também a erisipela, quando voltou, tomando 3 doses durante 3 meses e matando, por certo, o último micróbio escondido nas varizes. E fiquei reto! Daí a regra: - Tome o magnésio para uma doença só e as outras curam junto. Voltou-me, enfim, a alegria de viver. E o que darei ao bom Deus pelo jeitinho grátis? De graça o difundirei!

E mais: Em 1993, descobri a cura da psoríase, que escama a pele e é incurável desde a Antiguidade. Já no desespero, tive uma luz: O magnésio é o construtor da célula. Mantive então úmida com magnésio concentrado a pele afetada e nova pele nasceram. Somente isso!

Calcificação


Que somente o magnésio cura. É o mais comum, uma série de doenças até mortais: coronárias entupidas, necrose (sem vida), infarto, pontes de safena, coágulos, derrame, trombose, arritmia, arteriosclerose (sclero=duro), válvulas duras, incrustações tipo cera amarela, colesterol, coluna, ciática… O magnésio tira o cálcio patogênico e o fixa nos ossos, que nunca ataca. E cura osteoporose.

Artrite e Artrose


Que só o magnésio cura. Artrite, reumatismo, gota, inflamam, com dor, as articulações nos dedos e no corpo todo. E a artrose as degenera por acúmulo de ácido úrico, que os rins já não eliminam, por falta de magnésio.

Cancro


Que somente o magnésio evita, e infartos. As células de doentes podem estar incompletas, por falta de substâncias (refinados, depauperados) ou presença de partículas estranhas (fumo, tóxicos, radiações, metais pesados).

Essas células anormais, presentes em todas as pessoas, somente se tornam perigosas ao se agruparem, causando lesões, o pré-cancro – que o magnésio cura. Nódulos no seio e frequente cancro em parentes. Cancro da pele, que dá chagas incuráveis, o magnésio cura em um ano e tanto.

Infecções


O magnésio reforça as defesas naturais do organismo: duplicam os glóbulos brancos, soldados do sangue que matam o triplo de micróbios. O magnésio é ótimo contra furúnculos, inflamações. Cura erisipela. Em manchas da pele, psoríase, alergias, acne, tóxicos, feridas – ponha um paninho úmido com magnésio, ou passe com a mão. Para psoríase, solução concentrada.

Cirurgias


[Imagem: misalignment.jpg]

Cura rápido, sem infecção e boa disposição.

Tomar ou não Cloreto de Magnésio P.A.?


Tem gente que não quer tomar magnésio durante toda a vida. Mas o faz com o sal comum, em demasia (prefere a “vida normal”), enquanto o magnésio protege a saúde. Ou você pensa que para estimar a saúde precisa pegar, às vezes, doenças que custam 1 milhão?

Tire uma minúscula fração dos milhões e compre magnésio, para livrar-se da doençarada toda que o espera. No Alto Tocantins, vivem 20 pessoas com mais de 100 anos de idade, porque a terra lá é rica em magnésio. No Cáucaso, chegam a 125 anos, alguns a 150, porque as searas e fontes são ricas em magnésio.

Qual é o Magnésio que devo tomar?


O magnésio certo deve ser o CLORETO DE MAGNÉSIO P.A. (P.A. = Para Análise).

FONTE:http://solucaoperfeita.com/magnesio/home

Sua Fonte Natural de Informação
[Imagem: bannerForum.jpg]



sábado, 26 de setembro de 2015

"Adeptos do Movimento Antivacina"

Brasil Também tem Adeptos do Movimento Antivacina

24 de fevereiro de 2014

Brasil Também tem Adeptos do Movimento Antivacina NN

Apesar deste artigo do  MSN Notícias ter em geral um tom pró-vacinas, achei interessante que mostrou também o outro lado, inclusive com profissionais da saúde. E como é informado na matéria, o “movimento anti-vacina entrou no radar do governo” faz tempo. Quem não se lembra na época da vacina da gripe suína, que recebíamos spams diários do Ministério da Saúde com textos repetidos e fora de contexto? Veja abaixo a matéria:

Se nos Estados Unidos, pais que são contra vacinas fazem até festa para as crianças pegarem catapora, aqui no Brasil esse movimento é mais tímido, e o debate se dá muitas vezes em grupos de discussão online.

Excesso de vacinas, desconfiança com suas possíveis reações colaterais e pressão da indústria farmacêutica são alguns dos motivos que levam muitos pais e mães no país a decidirem não vacinar o filho.

Esse movimento anti-vacina entrou no radar do governo, quando uma pesquisa encomendada pelo ministério da Saúde detectou que a média da vacinação no Brasil era de 81,4%, enquanto que na classe A era de 76,3%
.
Essa queda no estrato mais alto se dá justamente porque alguns pais não vacinam, o que é um problema grave’, disse à BBC Brasil Jarbas Barbosa, secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde.

Ele cita casos de sarampo que surgiram em 2011, na Vila Madalena (zona oeste de São Paulo), que começaram com uma criança não vacinada por opção da família e que atingiram bebê menores de um ano, já que somente após essa idade é indicada a vacina.
É preciso pensar na imunidade coletiva ou doenças já erradicas podem voltar’, diz Barbosa. ‘A criança bem nutrida pode não sofrer com a doença, mas, sim, ser a ponte para o filho da doméstica ou do porteiro sofra com ela.’

Consequências
A Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) vê como ‘irresponsável’ essa decisão de não dar as doses às crianças, segundo um de seus membros, o infectologista e pediatra Arondo Prohmann de Carvalho.

‘Orientados de maneira errônea esses pais põem em risco não apenas a própria criança, mas toda a população’, diz, lembrando que mesmo doenças consideradas simples, como catapora e sarampo, podem ter consequências graves em crianças que já sofrem com problemas como doenças pulmonares.
No entanto, para o pediatra e neonatologista Carlos Eduardo Corrêa, ‘é preciso não tornar o consultório uma questão de saúde pública.

‘Sarampo, em criança bem nutrida não fica grave. Há o pacto social, mas isso é um elemento a mais na discussão, não te obriga a dar todas as vacinas’, diz o médico, que defende que sejam dadas as vacinas do calendário do governo.

‘Pressão mercantil’
Para a terapeuta floral V., que tem dois filhos, a decisão de aplicar ou não as injeções acabou pendendo que fica longe das vacinas.
Meus filhos só tomaram as primeiras doses, depois decidimos não dar mais‘, conta.
Já fui muito criticada, principalmente quando eles eram menores, mas ignoro. Nem conto para a minha família. Acredito que com tantas vacinas, estamos criando gerações de imunidade cada vez pior, criando um sistema imunológico burro.

Segundo a terapeuta, a decisão vai na linha do princípio de vida da família. ‘Eu e meu marido temos como princípio não ter medo de doença. Acreditamos que ao ter uma alimentação adequada, hábitos mais saudáveis, estamos promovendo a saúde, que é o contrário da doença.’

‘E nunca tivemos provas do contrário. Meus filhos são saudáveis e lidam tranquilamente com as gripes e viroses eventuais.
Ela diz não ser contra a vacina, mas, sim, contra a obrigatoriedade de se vacinar e critica o que chama de ‘pressão mercantil’, que faz com que pais deem cada vez mais vacinas e reforços nos filhos.

Se informar
A profissional do turismo P., de São Paulo, diz que mudou de opinião sobre as vacinas à medida que a segunda filha foi crescendo e que foi obtendo mais informações sobre o tema, especialmente na internet.
Comecei a questionar tantas vacinas quando a pediatra disse para eu não dar a vacina de rotavírus, porque ela era um medicamento muito recente, que ainda não havia sido muito estudado.
Ela defende pesquisar sobre vacinação ao invés de apenas acatar as determinações de saúde pública. ‘É preciso pesquisar os elementos das vacinas, esclarecer os prós e contras. O bom de viver na nossa época é justamente encontrar muita informação disponível’, conta P., que deu as vacinas obrigatórias iniciais nas filhas, mas que não dá mais os reforços, a de gripe (influenza) e não pretende dar na filha a vacina de HPV, que o governo faz campanha atualmente.

Vacinas espaçadas
A opção de não dar as vacinas que não são obrigatórias pelo calendário do governo – caso da varicela (catapora) e da gripe, encontra respaldo na visão de alguns pediatras.
Creio que o programa de vacinação da Secretaria da Saúde é correto e suficiente. Mas tenho restrições contra as vacinas fora do calendário’, diz o pediatra e geneticista Jordão Corrêa.
Tenho horror à vacina da gripe, vejo muita pneumonia depois de pacientes serem vacinados. Também acho um problema a contra catapora, que pode dar reação, produzindo a mesma bolha da doença só que menos intensidade.

O pediatra, que recomenda que seus pacientes sejam vacinados com as doses obrigatórias, conta que já teve pacientes contrários a todos os tipos de vacinas. ‘Não concordo. Acho que essas pessoas deviam, por exemplo, ver os pacientes de pólio internados. É uma doença horrível.
No entanto, ele vê problemas na concentração de muitas vacinas nos três primeiros meses da criança.
É muita vacina para um bebê. São muitos elementos agressores de uma vez só. Prefiro espaçar um pouco essas doses ao longo dos meses. Se for criança saudável, sem doença crônica, não tem problema. É só não ficar indo em shopping, supermercado, igreja lotada.’

Leia mais:


[Fraude das Vacinas] Merk Falsificou Resultados da Eficácia das Vacinas Contra Caxumba e Sarampo, Dizem Ex-Empregados



[ESTUDO] Vacinação Pode Causar Doenças Auto-Imunes



Vacinação Obrigatória: Decisão Judicial Obriga Pais que Optavam por Homeopatia a Vacinarem seus Filhos


Fontes:
Blog Anti Nova Ordem Mundial: Brasil Também tem Adeptos do Movimento Antivacina
– Msn Notícias: Brasil também tem adeptos do movimento antivacina


Jeremias 8:7  Até a cegonha no céu conhece os seus tempos determinados; e a rola, e o grou e a andorinha observam o tempo da sua arribação; mas o meu povo não conhece o juízo do Senhor.



"Vacina contra a Poliomelite & Paralisia Infantil no Mundo Todo"

Vacina contra a Poliomelite Está Causando Aumento de Casos de Paralisia Infantil no Mundo Todo


Vacina contra a Poliomelite Está Causando Aumento de Casos de Paralisia Infantil no Mundo Todo 

Em abril de 2012, Aaron Dykes do site Truthstream Media relatou que estatisticamente falando, a poliomielite estava erradicada na Índia, mas as estatísticas não contam toda a história.
Na verdade, ele observou que houve um aumento na “paralisia flácida aguda não-poliomielite (NPAFP) – os próprios tipos de problemas incapacitantes que se esperava desaparecer com a pólio, mas as quais em vez disso, floresceram a partir de uma nova causa.” Como isso poderia acontecer em uma nação onde a pólio havia sido erradicada ostensivamente?

Pura e simplesmente, Dykes observou que, o novo aumento veio da vacina oral contra a poliomielite.
Ele informou ainda:
Houve 47.500 casos de paralisia não-poliomelite notificados em 2011, no mesmo ano que a Índia foi declarada “livre da pólio”, de acordo com o [Dr. Neetu Vashisht e Dr. Jacob Puliyel do Departamento de Pediatria no Hospital St Stephens em Delhi]. Além disso, os dados disponíveis mostram que os incidentes rastreados voltam para as áreas onde as doses da vacina contra a poliomielite foram administradas com frequência. A taxa nacional de NPAFP na Índia é 25 a 35 vezes superior à média internacional.


Os casos estão se espalhando

Dykes ainda relatou que tinha sido estabelecido que as vacinas estavam causando o aumento na paralisia associada à vacina (PAV).
Agora, ele diz que os casos estão ocorrendo em outros países. O The Washington Post observou que os casos de paralisia causada pela poliomielite surgiram na Ucrânia, a qual está envolvida em um conflito amargo com separatistas apoiados pela Rússia na parte oriental do país.

O The Washington Post informou que a Organização Mundial de Saúde (OMS) disse que o pequeno surto, que afetou apenas duas crianças até agora, é diretamente atribuível à vacina:

O cPVDV é uma forma rara de mutação do vírus que vem da própria vacina. A vacina oral contra a poliomelite contém uma forma enfraquecida do vírus que ativa uma resposta imunitária no organismo, de modo que ele acumula anticorpos para se proteger. Mas leva algum tempo para que isso aconteça, e, enquanto isso, o vírus se replica no intestino e pode ser excretado pela pessoa imunizada e pode se espalhar para outras pessoas da comunidade.

Dykes relata que novos surtos ainda estão ocorrendo na Índia, bem como em Madagascar e Sudão do Sul, de acordo com a OMS.

No sul do Sudão, 2 casos devido a cVDPV tipo 2 (cVDPV2) foram confirmados. As cepas foram isoladas de 2 casos de paralisia flácida aguda (PFA)  no estado de Unity, com surgimento da paralisia em 9 de setembro e 12 de setembro de 2014, respectivamente,” informou a OMS em um comunicado de imprensa.

Em Madagascar, o cVDPV tipo 1 (cVDPV1) foi confirmado depois que o vírus foi isolado de um caso de PFA (início da paralisia em 29 de Setembro de 2014) e 3 contatos saudáveis.”
Dykes diz que a coisa realmente alarmante é que as vacinas contra a poliomielite do tipo oral ainda estão sendo distribuídas pela OMS e apoiadas pela Fundação Bill e Melinda Gates, sendo que foram interrompidas no Ocidente há 15 anos atrás pela mesma razão: A OMS e outros oficiais de saúde sabiam que ela estava causando PAV!
Será que Bill Gates sabia?

Eles sabem que esta vacina vai – estatisticamente de qualquer maneira – prejudicar algumas crianças e poderia gerar surtos, mas eles a usam da mesma forma, supostamente porque as regiões menos desenvolvidas não estão equipadas para lidar com as vacinas refrigeradas que não contêm o vírus vivo“, escreveu ele .

O site Truthstream Media vem acompanhando os crescentes incidentes de poliomielite causada pela vacina durante anos. Em 2013, o site questionou se o bilionário fundador da Microsoft, Bill Gates sabia que sua vacina contra a poliomielite forçada através de sua fundação, na verdade, prejudicaria muitas crianças, ele alegou estar tentando ajudar:

A Fundação Bill e Melinda Gates criou a aliança GAVI para impulsionar vacinações sobre as partes mais pobres do terceiro mundo, em nome de “salvar vidas” e parar a doença.
Em particular, Bill Gates espera levar o crédito por aniquilar a pólio em todo o mundo, fazendo disso um de seus principais problemas. Mas a que custo?

Se Gates não sabe, Dykes escreveu, ele “certamente deve ter” conhecimento.

Leia mais:

Índia Livre da Poliomelite Uma Piada Cruel

Índia Livre da Poliomelite: Uma Piada Cruel



[Bill Gates]

[Bill Gates] Vacina da Pólio Paralisa Bebê de 10 meses (e outros 47.500) na Índia

Fontes:
Natural News: Polio vaccines causing worldwide surge in childhood paralysis cases
– Truthstream Media: The Polio VACCINE is Causing the New Polio
– The Washington Post: Outbreak of rare, mutated poliovirus that originated from vaccine in Ukraine leaves two children paralyzed
– Activist Post: Polio Vaccines Now The #1 Cause Of Polio Paralysis
– World Health Organization: Poliovirus in South Sudan and Madagascar
 
 
Jeremias 7:8 Eis que vós confiais em palavras falsas, que para nada vos aproveitam. 
 
 

domingo, 20 de setembro de 2015

"Utamato Monossódico (GMS): O Sabor Que Mata "

                      sexta-feira, 30 de outubro de 2009 |
Glutamato Monossódico (GMS): É este o assassino que se esconde em nossos armários de cozinha?

Dr. Mercola

Um silencioso e difundido assassino que é pior à sua saúde que álcool, nicotina e muitas outras drogas está provavelmente escondido em seu armário de cozinha neste exato momento. [1]. "Ele" é o glutamato monossódico ou GMS (MSG, Monossodium Glutamate do nome original em inglês), um realçador de sabor que é conhecido amplamente como um aditivo na comida chinesa, mas que na verdade é adicionado a milhares de alimentos que você e sua família regularmente comem, especialmente se você é como a maior parte dos norte-americanos e come a maioria de sua comida como alimento processado ou em restaurantes.

Glutamato monossódico é um dos piores aditivos alimentares no mercado e é usado em sopas enlatadas, biscoitos, carnes, saladas, refeições congeladas e muito mais. É encontrado em restaurantes e supermercados locais, na lanchonete da escola das crianças, e incrivelmente, mesmo na comida de bebê e em fórmulas infantis.

O GMS é mais do que somente um tempero como o sal e pimenta, ele realça o sabor dos alimentos, fazendo o gosto de carnes processadas e refeições congeladas ficar melhor e cheirar melhor, as saladas ficarem mais saborosas e comidas enlatadas com gosto menos metálico.

Enquanto os benefícios do GMS à indústria de alimentos está bem clara, este aditivo alimentar pode estar lentamente e silenciosamente fazendo grandes danos para sua saúde.


O que exatamente é o Glutamato Monossódico?


Você pode lembrar quando o pó de GMS chamado "Accent" primeiramente veio aos mercados norte-americanos. Bem foi há muitas décadas anterior a este, em 1908, que o glutamato foi inventado. O inventor foi Kikunae Ikeda, um japonês que identificou a substância natural que incrementava o sabor, provinda da alga marinha.

Tomando como base esta substância, eles foram capazes de criar um aditivo criado pelo homem, o glutamato monossódico, e ele e seu parceiro criaram a Ajinomoto, que é hoje o maior produtor deste produto (e, interessante, também um produtor de remédios).
Quimicamente falando, o GMS é aproximadamente 78% de ácido glutâmico livre, 21% de sódio, e até 1% composto de contaminantes. [3].

É uma ideia errada que o glutamato monossódico é um condimento ou um amaciador de carne. Na realidade, ele tem um sabor fraco, além do que, quando você ingere GMS, você pensa que o alimento que está comendo tem mais proteína e tem um melhor sabor. Ele faz isso enganando sua língua, usando um pouco conhecido quinto estado de sabor: umami.

Umami é o gosto do glutamato, que é um saboroso gosto encontrado em muitas comidas japonesas, bacon e também no aditivo alimentar tóxico glutamato monossódico. É por causa do umami que o alimento com GMS tem sabor mais forte, robusto, e geralmente melhor, para muitas pessoas, do que o alimento sem ele.

O ingrediente não se tornou amplamente divulgado nos Estados Unidos até a Segunda Guerra Mundial, quando os militares americanos perceberam que a ração dos soldados japoneses era muito mais saborosa que as versões americanas por causa do GMS.

Em 1959, a FDA (Food and Drug Administration, ou Agência Norte-Americana de Controle de Alimentos e Medicamentos), classificou o glutamato monossódico como "ordinariamente conhecido como seguro (Generally Recognized as Safe ou GRAS)" e assim se manteve desde então. Ainda assim foi um sinal de alerta quando apenas 10 anos depois uma condição conhecida como a "Síndrome do restaurante chinês" apareceu na literatura médica, descrevendo os numerosos efeitos colaterais, desde falta de sensação, até palpitações cardíacas que a pessoas experienciavam depois de comer glutamato.

Hoje esta síndrome é mais apropriadamente chamada "complexo dos sintomas do GMS" (termo original do inglês: MSG Symptom Complex), que a FDA identifica como "reações de curto-prazo" do glutamato. Mais destas "reações" ainda virão à tona.

Por que Glutamato Monossódico é tão perigoso

Uma das melhores visões gerais dos reais perigos do glutamato vem do Doutor Russell Blaylock, um neurocirurgião "board certified" (que tem anos de treinamento e entendimentos da diagnose, tratamento e prevenção de enfermidades) e autor do "Excitotoxinas: o Sabor que Mata". Nele ele explica que o glutamato é uma excito-toxina, o que significa que ele superexcita suas células ao ponto de ser perigoso ou mortal, causando danos em vários graus - e potencialmente mesmo acionar ou piorar disfunções de aprendizado, Mal de Alzheimer, Mal de Parkinson, Mal de Lou Gehrig, e mais.

Parte do problema também é que o ácido glutâmico livre é o mesmo neurotransmissor que o seu cérebro, sistema nervoso, pâncreas e outros órgãos usam para iniciar certos processos em seu corpo. [4]. Até a FDA afirma:

"Estudos tem mostrado que o corpo usa glutamato, um aminoácido, como um transmissor de impulsos nervosos no cérebro e que há também tecidos que respondem ao glutamato em outras partes do corpo. As anomalias no funcionamento dos receptores de glutamato tem sido conectadas com certas enfermidades neurológicas, como o Mal de Alzheimer e a doença de Huntington (distúrbio caracterizado por movimentos musculares anormais espontâneos e irregulares). Injeções de glutamato em animais de laboratório resultaram em danos às células nervais do cérebro." [5]


Temperos saudáveis você encontra pelo menor preço aqui - Loja Tudo Saudável

Embora a FDA continua a alegar que consumir glutamato monossódico nos alimentos não causa estes efeitos danosos, muitos outros especialistas dizem o contrário.
De acordo com Dr. Blaylock, numerosos receptores glutâmicos tem sido encontrados tanto no sistema de condução elétrica do coração quanto no músculo do coração em si. Isto pode ser bem danoso para seu coração, e pode mesmo explicar as mortes inesperada às vezes vista entre atletas jovens.

Ele diz: "Quando um excesso de excito-toxinas de origem alimentar, como o GMS, proteína hidrolisada de soja e concentrada, caseinato de sódio e aspartato do aspartame, são consumidas, estes receptores glutâmicos são super-estimulados, produzindo arritmia cardíaca. Quando o estoque de magnésio está baixo, como vemos em atletas, os receptores glutâmicos são muito sensíveis e mesmo níveis pequenos destas excito-toxinas podem resultar em arritmias cardíacas e morte". [6]

Muitos outros efeitos adversos tem sido relacionados ao consumo regular de GMS, incluindo:

* Obesidade
* Danos oculares
* Cefaleia (dor de cabeça)
* Fadiga e Desorientação
* Depressão

Além do mais, mesmo a FDA admite que as "reações de curto-prazo" conhecidas como complexo dos sintomas do GMS (MSG Symptom Complex) podem ocorrer em certos grupos de pessoas, especialmente os que ingeriram "altas doses" de glutamato monossódico ou aqueles que tem asma. [7]

De acordo com a FDA, O complexo de sintomas do GMS pode envolver sintomas como:

* Perda de sensibilidade sensibilidade
* Sensação de queimadura
* Formigamento
* Pressão facial ou sensação de sufocamento
* Dor no peito ou dificuldade respiratória
* Cefaleia
* Náusea
* Palpitação cardíaca
* Sonolência
* Fraqueza

Ninguém sabe informar com certeza quantas pessoas podem ser "sensíveis" ao GMS, mas estudos dos anos 70 sugerem que 25 a 30% da população norte-americana era intolerante ao Glutamato - em níveis então encontrados em alimentos. Desde que o uso do Glutamato expandiu dramaticamente deste aquele período, é estimado que até 40% da população pode ser impactada. [8]

Loja Tudo Saudável

Como saber se o Glutamato Monossódico está em sua comida

Os produtores de alimentos não são estúpidos, e eles são cautelosos do fato que as pessoas como você procuram evitar comer este tipo de aditivo alimentar asqueroso. Como resultado, você acha que eles respondem removendo o glutamato de seus produtos? Bem, poucos tem feito, mas a maioria deles só tentaram "limpar" suas embalagens. Em outras palavras, eles tentam esconder o fato que o GMS é um ingrediente.

Como eles fazem isso? Usando nomes que você nunca poderia associar com o produto.
É requerido pela FDA que os produtores de alimentos listem o ingrediente "glutamato monossódico" nas embalagens dos alimentos, mas eles não tem que listar os ingredientes que contém ácido glutâmico livre, mesmo se ele é o principal componente do GMS.

Há mais de 40 ingredientes que contém ácido glutâmico [9], mas você nunca sabe se eles só são nomes isolados. Além disso, em alguns alimentos o ácido glutâmico é formado durante o processamento, e novamente, as embalagens dos alimentos não lhe informam isso.

Dicas para evitar o Glutamato Monossódico de sua alimentação

Em geral, se um alimento é processado você pode supor que ele contém glutamato (ou um de seus pseudo-ingredientes). Então, se você aderiu a uma alimentação de alimentos frescos, você pode bem garantir que você está evitando esta toxina.

O outro local onde você terá que tomar cuidado são os restaurantes. Você pode perguntar que itens do menu são livres de glutamato, e pedir que nenhum glutamato seja adicionado em sua refeição, mas claro que o único local onde você pode ter certeza absoluta do que é adicionado ou não é a sua própria cozinha.

Para realmente se garantir, você deve saber com que ingredientes tomar precaução em alimentos empacotados. Aqui está uma lista de ingredientes que SEMPRE contém glutamato monossódico: (nem todos foram traduzidos por não existir correlato ao português, segue abaixo os nomes originais como constam no artigo): Autolyzed Yeast (Extrato de levedura), Calcium Caseinate (Caseinato de calcio), Gelatin (Gelatina), Glutamate/Glutamic Acid (Ácido glutâmico), Hydrolyzed Protein, Monopotassium Glutamate ( Glutamato monopotássico), Monosodium Glutamate (Glutamato monossódico), Sodium Caseinate (Caseinato de sódio),Textured Protein, Yeast Extract (Extrato de levedura), Yeast Nutrient

Estes ingredientes frequentemente contém glutamato ou criam este durante o processamento: [10] (não foram traduzidos os termos abaixos, por isso fica listado integralmente os originais em inglês): Flavors and Flavorings (Condimentos), Seasonings (Temperos), Natural Flavors and Flavorings, Natural Pork Flavoring, Natural Beef Flavoring, Natural Chicken Flavoring, Soy Sauce, Sopy Protein Isolate, Soy Protein, Bouillon, Stock, Broth, Malt Extract, Malt Flavoring, Barley Malt, Why Protein,Carrageenan, Maltodextrin, Pectin, Enzymes, Protease, Corn Starch, Citric Acid, Powdered Milk, Anything Protein Fortified, Anything Enzyme Modified, Anything Ultra-Pasteurized

Se você come alimentos processados, por favor lembre-se de verificar estes nomes ocultos do glutamato.

Escolhendo ser Livre dos Glutamatos

Tomar a decisão de evitar GMS em sua alimentação é mais que possível uma escolha sábia para todos ao seu redor. Reconhecidamente, toma mais tempo planejando na cozinha e preparando comida em casa, usando ingredientes frescos e cultivados localmente. Mas saber que sua comida é pura e livre de aditivos tóxicos como o glutamato é algo inestimável.
Além disso, escolher seu alimento lhe trará ultimamente um melhor sabor e valores mais saudáveis que qualquer comida processada com glutamato que você pode comprar no supermercado.

Nota do tradutor: O texto é escrito utilizando o contexto dos Estados Unidos, nem por isso ele não deixa de ser válido no Brasil ou em outro país que seja. No país, o glutamato é encontrado em salgados como batata-frita com sabor de cebola, embutidos como salames, também na mortadela, presunto, frios em geral, no molho de soja (algumas marcas aparentemente não colocam este ingrediente) e em muitos produtos japoneses. Ler o rótulo das embalagens é um bom começo para evitar o consumo desta substância. O equivalente maléfico doce do glutamato é o aspartame, encontrado em produtos diet, light, e similares. Grandes empresas usam GMS, leia a lista de ingredientes, e zele pelo seu bem-estar. O melhor protesto é não comprar produtos de quem não tem se preocupa com a sua saúde. Em português http://www.vidaintegral.com.br/noticias.php?noticiaid=948

Fontes e Referências:
- Notícias Naturais: Glutamato Monossódico (GMS): O Sabor Que Mata
-Blog Mercola: MSG: Is This Silent Killer Lurking in Your Kitchen Cabinets?

[1] Mercola.com “The Shocking Dangers of MSG You Don’t Know,” video Part 1
[2][3][9][10] Price-Pottenger Nutrition Foundation, Samuels, Jack “MSG Dangers and Deceptions”
[4] MSGTruth.org “What Exactly is MSG?”
[5] U.S. Food and Drug Administration “FDA and Monosodium Glutamate (MSG)” August 31, 1995
[6] eMediaWire “Athlete Alert: Renowned Neurosurgeon Identifies Aspartame & MSG in Sudden Cardiac Death” April 15, 2005
[7] FDA Consumer Magazine “MSG: A Common Flavor Enhancer” January-February 2003
[8] TruthinLabeling.org “This is What the Data Say About Monosodium Glutamate Toxicity and Human Adverse Reactions”

Vou acrescentar um outro artigo sobre o assunto da Tutto Natural:


MALEFÍCIOS DE ADITIVOS QUÍMICOS E GLUTAMATO MONOSSÓDICO

Acreditando na promessa comercial de tornar o café da manhã uma refeição muito mais saudável, muitas pessoas não dispensam um iogurte logo pela manha. Mas, junto com o alimento lácteo e o açúcar, o consumidor acaba ingerindo emulsificante, aromatizante, acidulante, conservante e corante que, em excesso, podem causar alergias e disfunções digestivas e metabólicas.

À tarde, biscoitos recheados muitas vezes funcionam como quebra galho para a fome fora de hora ou o lanche que vai na lancheira do filho para a escola. Com “aroma natural” de chocolate, morango, ou baunilha, o danado engana a fme – mas não alimenta! Carregado de açúcar, esses biscoitos ainda tem fartura saturada e aditivado para dar cor, cheiro, textura…tão ruim quanto eles são os macarrões instantâneos – um perigo para quem tem hipertensão, pela quantidade de sal que colocam. São 58% do valor diário recomendado por porção.

Nesse tipo de macarrão e em vários snacks, como biscoitos salgados e os salgadinhos, também entram na fórmula o GLUTAMATO MONOSSÓDICO (MSG), pois seu sabor estimula a vontade de comer mais. Não é a toa que quando se abre um pacote de salgadinho, normalmente a pessoa não sossega até devorar o último do pacote.

Nutricionista funcional, personal diet e diretora da Clínica Nutrição Multidisciplinar que leva seu nome, Luciana Harfenist, explica como funciona o MSG: “ Ele estimula receptores da língua produzindo um gosto que se conhece com o nome de umami – em japonês significa saboroso ou delicioso – e que interfere na percepção do paladar”.

Segundo a especialista, crianças que consomem muitos alimentos com MSG normalmente repelem alimentos naturais. “O agravante é que está em quase todo alimento industrializado, incluindo biscoitos, doces, tortas”.

E o perigo não para aí: cerca de 70% do MGS é composto de ácido glutâmico, aminoácido que tem função excitatória nas nossas células, o que poderia levar a danos no cérebro. “O glutamato monossódico ainda pode aumentar a dor de cabeça e sensibilidade muscular na região do craniofacial”, afirma Luciana, ressaltando que o consumo esporádico não trará danos a saúde, mas sim o consumo diário. Para os amantes da culinária japonesa, uma boa nova: está disponível no mercado versões de shoyu com fermentação natural e sem glutamato monossódico.

PERIGO PARA OS PEQUENOS

Algumas pesquisas confirmar a relação entre esse realçador de sabor e a hipertensão infantil e a enxaqueca. Outras apontam que o corpo utiliza o glutamato como um transmissor de impulsos nervosos no cérebro – e seu consumo está sendo associado a dificuldades de aprendizado, Mal de Alzheimer, Parkinson e câncer. Claro que o fabricante nega. E diz que tudo depende da dose de consumo…Acontece que o consumo de alimentos industrializados cresceu com o aumento de poder de compra do brasileiro.

OK, a criança comeu algo saudável e tem direito a uma bala ou pirulito de premio, certo? Pois as guloseimas em geral tem acidulante, aromatizante e corantes artificiais. Estes últimos podem causar alergias e, a longo prazo, danos digestivos, metabólicos e até neurológicos. Melhor oferecer um prêmio de verdade, como um creme de abacate com raspas de chocolate, mousse de caqui ou morangos geladinhos.

Para os adultos, o melhor mesmo é correr para as feiras de hortifrutis para garantir, assim, uma alimentação realmente nutritiva.

Leia mais:


Glutamato Monossódico (GMS) – Ligado a Ganho de Peso e Obesidade




Fonte:
Tutto Natural: Malefícios De Aditivos Químicos E Glutamato Monossódico

Comentário Blog:
Quando postei este artigo estava morando na Europa, e lá era muito fácil para achar alimentos sem o MSG. Quando voltei ao Brasil fiquei estarrecido como todos os alimentos industrializados, praticamente sem exceção, contém esta substância. Entre o apresuntado, por exemplo, não consegui achar UM SEQUER no supermercado que não contivesse o MSG, um abuso, que passa desapercebido pela maioria das pessoas. Somente quando os consumidores abrirem os olhos e reclamarem para os supermercados solicitando produtos sem MSG é que teremos alguma chance de não sermos envenenados diariamente.


 
 
 
 

sábado, 19 de setembro de 2015

Pr. Silas M. Show gospel de heresias e lisonjas abomináveis


 Silas Malafaia é Homenageado Pelo Seu Aniversário (Assista) -  Show de heresias

quinta-feira, 17 de setembro de 2015

                  TODA HONRA E TODA GLÓRIA COM RECHEIO DE LISONJA AO FALSO PROFETA UNGIDO DAS TREVAS E OUTROS MAIS.

Nesta terça-feira (15), foi celebrado na Igreja Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC), no Rio de Janeiro, um culto de ação de graças pela vida do pastor Silas Malafaia, que completou 57 anos no dia 14 de setembro.

Entre os presentes que prestigiaram o pastor, estavam o pastor Everaldo Pereira, pastor Gidalti Alencar, pastor Flamarion Rolando, pastor Michael Aboud, pastor Simonton Araújo, pastor Anderson do Carmo. O Pastor Marcus Gregório ministrou uma palavra especial que reforçou o referencial que é a vida ministerial do pastor Silas Malafaia.

O pastor Silas recebeu do vereador Alexandre Isquierdo a Medalha de Mérito Pedro Ernesto, a mais importante da Câmara Municipal do Rio de Janeiro, criada em 1980 para homenagear personalidades que se destacam na sociedade.

Fonte:Verdade Gospel




 
O Senhor me mostra uma grande Sinagoga de Satanás, mulheres no púlpito como tal o é, e fora do mesmo, rodeadas de pombas giras. E tantas outras Igrejas semelhantes a tal. Os louvores não passam do teto...Oséias 5:21 Odeio, desprezo as vossas festas, e as vossas assembleias solenes não me exalarão bom cheiro. 23 Afasta de mim o estrépito dos teus cânticos; porque não ouvirei as melodias da tuas violas. ACF. Diz o Senhor: "Fizeram da Minha Casa, casa de shows, espetáculos e aplausos". E diz mais ainda o Senhor: "É Satanás que faz Minha igreja bater palmas, porque sabe que Meu Filho abomina essas palmas". Provérbios 17:15 O que justifica o ímpio, e o que condena o justo, tanto um como o outro são abomináveis ao Senhor. Diz o Senhor também: "Digo EU: Porcos são, voltados ao seu próprio chiqueiro". 

-As palavras verdadeiras não são agradáveis e as agradáveis não são verdadeiras.-

Provérbios 26:28 A língua falsa odeia aos que ela fere, e a boca LISONJEIRA provoca a ruína. 1 Tessalonicenses 2:5 Porque, como bem sabeis, nunca usamos de palavras LISONJEIRAS, nem houve um pretexto de avareza; Deus é testemunha. ACF

Deus sabe o quanto me alegro em Cristo Jesus quando Ele me mostra um cantor, um pregador com unção... Mas não se vê há muito; mas o Senhor está em tudo e assim seja. Amém. 

1 Coríntios 11:26 Porque todos as vezes que comerdes este pão e beberdes este cálice anunciais a morte do Senhor, até que venha. 27 Portanto, qualquer que comer este PÃO, ou beber o CÁLICE do Senhor indignamente, será culpado DO CORPO E DO SANGUE DO SENHOR. 28 Examina-se, pois, o homem a si mesmo, e assim coma deste pão e beba deste cálice. 29 Porque o que COME e BEBE INDIGNAMENTE, come e bebe para sua própria CONDENAÇÃO, não discernindo o corpo do Senhor. 30 Por causa disto há entre vós muitos fracos e doentes, e muitos que dormem. (mortos espirituais, cegos; separados de Deus)

Disse o Senhor: "O tempo se aproxima , vou destruir todos"
Show de honra, glória, elogio e lisonja para o homem, menos que nada. Muito abominável tudo isso.
O Senhor manda (no tempo d'Ele) chamar para um desafio esses 'porcos' como foi com o profeta Elias, e disse o Senhor: "Ai daquele que aceitar o desafio, pois sou Deus de amor como também Deus fogo consumidor"

Onde tem, ou existe um homem de Deus, um profeta, um atalaia que possa dizer que não é Deus que está a falar por esta boca, ao escrever este ditame?
Pastor Maurício servo inútil. Lucas 17:12 ACF


sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Última “lua de sangue”

Última “lua de sangue” poderá iniciar cumprimento de profecias do fim do mundo, dizem estudiosos

 

Notícias Gospel em seu email

Receba Notícias Gospel em seu email gratuitamente! Insira seu email:
Gospel+ no Twitter!

ou no facebook

Última “lua de sangue” poderá iniciar cumprimento de profecias do fim do mundo, dizem estudiosos

A última “lua de sangue” da tétrade iniciada em abril de 2014 surgirá nos céus no próximo dia 27 de setembro, de acordo com as expectativas de astrônomos que estudam o fenômeno. Para muitos cristãos, o evento pode marcar o início da última fase de uma profecia bíblica relacionada ao fim dos tempos.
Cientificamente, a lua de sangue é resultado do alinhamento entre o Sol, a Terra e a própria Lua. A cor de tom avermelhado que o satélite irá ganhar se deve a esse alinhamento, uma vez que a luz solar atinge a lua após atravessar a atmosfera terrestre, segundo informações do portal Uol.

O fenômeno deverá durar 1 hora e 12 minutos no total, e é considerado raro. Os registros mais recentes incluem eventos semelhantes em 1910, 1928, 1946, 1964, 1982, sendo que o próximo está previsto para acontecer apenas em 2033.

O pastor John Hagee, autor do livro “Four Blood Moons: Something Is About to Change” (“Quatro Luas de Sangue: Algo Está Prestes a Mudar”, em tradução livre), usa trechos das passagens bíblicas de Lucas 21:25 e Atos dos Apóstolos 2:20 que, respectivamente, se referem ao fim dos tempos afirmando que “haverá sinais no sol e na lua e nas estrelas; e na terra angústia das nações, em perplexidade pelo bramido do mar e das ondas” e que “o sol se converterá em trevas, e a lua em sangue, antes de chegar o grande e glorioso dia do Senhor”.

Entre os teólogos estudiosos do assunto, há quem entenda que o final da tétrade de “luas de sangue” pode marcar os sete anos da grande tribulação prevista no Apocalipse.

Os adeptos dessa teoria associam a atual e crescente tensão entre Israel e os vizinhos muçulmanos às profecias bíblicas. O surgimento do Estado Islâmico, que tem entre seus alvos os judeus; a iniciativa de judeus ortodoxos em preparar a reconstrução do Templo de Jerusalém; e a proposta de divisão do território israelense em negociação na ONU também são apontadas como indícios de cumprimento da profecia bíblica, uma vez que um conflito militar na região é visto como iminente.

John Hagee acrescenta a essa mistura um recente acordo político entre o Irã e outros países que integram o Conselho de Segurança da ONU, permitindo o uso de energia nuclear pelo país teocrático muçulmano: “Eu já disse isso muitas vezes e digo de novo: o dia em que a América virar as costas para Israel será o dia em que Deus vai virar as costas para a América. O dia em que este acordo nuclear com Irã for finalmente assinado, selado e entregue, será o dia em que vamos enfiar o dedo no olho de Deus”, disse o pastor à emissora cristã CBN.

“O que os Estados Unidos da América têm feito no acordo com o Irã é garantir guerra. Qualquer pessoa no mundo que tenha qualquer concepção sobre a ideologia do Irã sabe que a guerra está chegando. Essas pessoas estavam gritando ‘morte à América’ e ‘morte a Israel’ no dia em que o acordo foi assinado no Irã, [que] vem dizendo há anos que estão prontos para varrer Israel do mapa. Eles têm a vontade de fazê-lo, e agora que a administração Obama tem pavimentado o caminho para eles construírem uma arma nuclear, o Irã tem o poder de fazê-lo”, lamentou Hagee.

Lucas 21:25
E haverá sinais no sol e na lua e nas estrelas; e na terra angústia das nações, em perplexidade pelo bramido do mar e das ondas. 
 
Atos 2
17
E nos últimos dias acontecerá, diz Deus, Que do meu Espírito derramarei sobre toda a carne; E os vossos filhos e as vossas filhas profetizarão, Os vossos jovens terão visões, E os vossos velhos sonharão sonhos;
18
E também do meu Espírito derramarei sobre os meus servos e as minhas servas naqueles dias, e profetizarão;
19
E farei aparecer prodígios em cima, no céu; E sinais em baixo na terra, Sangue, fogo e vapor de fumo.
20
O sol se converterá em trevas, E a lua em sangue, Antes de chegar o grande e glorioso dia do Senhor;
21
E acontecerá que todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo. 
 
 
 

Postagens populares

JESUS o único caminho

A B E N Ç Ã O DO SENHOR ESTEJA SOBRE OS SINCEROS

O SENHOR te abençoe e te guarde; o SENHOR faça resplandecer o seu rosto sobre ti e tenha misericórdia de ti; o SENHOR sobre ti levante o seu rosto e te dê a paz. Nm 6.24-26

Quem sou eu

Minha foto

Meu nome: Maurício Cerqueira, sou pastor da Assembleia dos Santos (Nome dado pelo Senhor em profecia) igreja do Senhor e seus remanescentes; pela misericórdia antes de ser consagrado pelo homem, tive o privilégio de ser consagrado pelo DEUS TODO-PODEROSO. Então, vivo para a Sua obra e persevero na Palavra, é necessário, pois me foi imposta esta obrigação (Jeremias 15:16). Tenho outro grande privilégio de trabalhar só para o Altíssimo e aprender a viver no dia a dia João 5:39; 14:21; Mateus 7.21; 22.37-39; I Coríntios 7:23; 13; Salmos 37.4; Provérbios 1.7; 2; Jeremias 15.16; 29.13 e 33.03... e a ser grato ao SENHOR que me proporciona todas as condições, me sustentando de todas maneiras para se concretizar o seu querer na vida deste servo inútil que lhe pertence. A L E L U I A

Receba atualizações por email

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

>