Translate Welcome

SE ALGUÉM FALAR, FALE SEGUNDO AS PALAVRAS DE DEUS; SE ALGUÉM ADMINISTRAR, ADMINISTRE SEGUNDO O PODER QUE DEUS DÁ, PARA QUE EM TUDO DEUS SEJA GLORIFICADO POR JESUS CRISTO, A QUEM PERTENCE A GLÓRIA E O PODER PARA TODO O SEMPRE. AMÉM. 1 Pe 4.11

A PAZ DO SENHOR JESUS CRISTO

Arquivo do blog

domingo, 24 de maio de 2015

10 razões pelas quais você não deveria vacinar seus filhos.


 10 Razões Pelas Quais Você NÃO Deve Vacinar Seus Filhos

Vacinar uma criança é uma decisão importante que todos os pais devem fazer. Mas nem todos os pais compreendem os riscos envolvidos, os verdadeiros riscos que poderiam deixar uma criança debilitada por toda a vida, ou até mesmo matá-la. A máfia pró-vacina está rapidamente varrendo todos os casos de lesões relacionadas com a vacina e morte para debaixo do tapete como anomalias extremamente raras, mas muitas mães de uma criança prejudicada pela vacina serão as primeiras a dizer-lhe que, se ela pudesse fazer mais uma vez, ela não teria deixado a filha dela ser vacinada.

Se o seu médico, diretor da escola do seu filho ou um amigo ou membro da família está pressionando você para vacinar seu filho com vírus geneticamente modificados (transgênicos), metais pesados ​​e conservantes, e você não tem certeza de como fazer uma escolha melhor e mais informada a respeito – ou mesmo como responder a essas pessoas de forma inteligente, a fim de calá-los – considere as 10 razões seguintes para não caminhar na rota de vacinação [1]:

1) As vacinas não funcionam. Quando impressa em um cartaz ou repetida ad nauseam pelos Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), a alegação embutida de que as vacinas previnem doenças transmissíveis e concedem imunidade duradoura pode soar bem para as massas de baixa informação. Mas a ciência simplesmente não a reforça, com surto após surto provando que as pessoas vacinadas são as mais imunocomprometidas, e são sempre as únicas a contrair as doenças contra as quais foram vacinadas.


A Dra. Tetyana Obukhanych aborda este e muitos outros fatos sobre a vacina em seu poderoso livro Illusion Vaccine, o qual destrói muitos mitos modernos que cercam a vacinação. Não só as vacinas não conferem imunidade duradoura, mas elas realmente destroem a capacidade imunológica natural do organismo, deixando muitos indivíduos vacinados imuno-debilitados ao longo de suas vidas. [2]

2) As vacinas nunca foram comprovadamente seguras ou eficazes. Cada estudo usado como “prova” de que as vacinas são seguras, erroneamente compara os efeitos colaterais de uma vacina contra a efeitos colaterais de uma outra vacina , anulando-os eficazmente. Nenhum deles compara os resultados de saúde dos vacinados contra os  indivíduos não vacinados, o qual seria o verdadeiro teste de segurança da vacina.

Verdadeiros estudos científicos duplo cego com placebos nunca foram realizados sobre as vacinas para determinar sua segurança“, explica VacTruth.com.
3) A primeira vacina foi um completo fracasso, a qual a indústria tentou encobrir. Poucas pessoas sabem que a primeira vacina já produzida, para a varíola, foi um desastre completo. As consequências de saúde daqueles que receberam inclui sífilis e morte, embora um esforço concertado foi feito na época para encobrir esses resultados e empurrar as vacinas de qualquer maneira, porque elas são altamente rentáveis. [3]

4) As vacinas são altamente lucrativas para as empresas farmacêuticas , as quais não podem ser responsabilizadas por danos. Sejamos francos – as vacinas são uma grande fonte inesgotável de fundos para a indústria farmacêutica. Não estão apenas os fabricantes de vacinas completamente protegidos contra a responsabilidade quando suas vacinas prejudicam ou matam as crianças, mas eles normalmente são “patrocinados” pelas agências governamentais que empurrá-las sobre as famílias e as crianças, usando táticas de intimidação ultrajantes e infundadas. [4]

5) Todas as vacinas contêm aditivos químicos mortais. O pediatra habitual ficaria duramente pressionado para fornecer bulas que esboçam os ingredientes da vacina aos seus clientes antes de forçar as vacinas. Mas os pais precisam saber que todas as vacinas contêm produtos químicos que danificam os neurônios, como o alumínio, mercúrio e formaldeído. Muitas vacinas também estão carregados com glutamato monossódico (GMS), antibióticos e até mesmo organismos geneticamente modificados (transgênicos ou OGMs) . [5]


6) As crianças não vacinadas são geralmente mais saudáveis​​. Estudos internacionais que observam os resultados de saúde de crianças não vacinadas compradas com os seus colegas vacinados têm mostrado repetidamente que os não vacinados são geralmente menos afligidos com alergias, autismo, distúrbios de comportamento, disfunção auto-imune e doenças respiratórias.


Em relação à vacina contra a gripe, por exemplo, um estudo publicado na revista Clinical Infectious Diseases descobriu que os indivíduos vacinados contra a gripe são 550 por cento mais propensos a ter problemas respiratórios . [6]

7) As vacinas causam doenças incuráveis ao longo da vida ​​em algumas crianças. É uma coisa ter inchaço localizado ou sintomas de febre temporários após as vacinas. Mas, se o seu filho é um dos mais infelizes que desenvolve danos permanentes do nervo sob a forma de Guillain-Barré, por exemplo, ele ou ela pode exigir cuidados ao longo da vida e tratamento por danos da vacina. Se você optar por vacinar, você está preparado para ter que potencialmente reorientar a sua vida em caso de autismo ou dano cerebral? [7]


8) As vacinas matam crianças e adultos. Embora as crianças pequenas e bebês estejam mais propensos a sofrer danos permanentes das vacinas, os adultos também estão em risco. Um exemplo prevalente disso é infame vacina Gardasil contra o HPV, que até à data tem prejudicado e matado dezenas de milhares de adolescentes e jovens. [8]

São dadas às crianças americanas  muito mais vacinas em idades mais jovens em comparação com outros países“, explica VacTruth .com , observando que as vacinas também estão ligados a incidentes fatais como a SIDS (síndrome da morte súbita infantil), que o estabelecimento médico atribui à genética ou o abuso de crianças, a fim de proteger a fraude da vacina.

9) As companhias de vacinas não podem ser processadas se você ou o seu filho forem prejudicados pelas vacinas. Se as vacinas realmente são tão seguras quanto os empurradores-de-vacina constantemente afirmam que elas são, então por que foi aprovada a National Childhood Vaccine Injury em 1986, isentando as empresas de vacinas e drogas, bem como profissionais de saúde, de responsabilidade em caso de lesão ou morte ?
Em 2011, a Suprema Corte afirmou que as pessoas lesadas não podem processar as empresas de vacinas por lesão ou morte relacionadas às vacinas [9]. Isso é realmente um risco que você quer o seu filho contraia?

10) A exposição natural à doença é a melhor vacina. Verdade seja dita, a única maneira de desenvolver verdadeiramente uma imunidade arrebatadora ao longo da vida é viver a sua vida, como faria normalmente, mas sem injetar vírus mortos (e em alguns casos vivos) e adjuvantes químicos em seu tecido muscular. A exposição natural a qualquer doenças que estão à espreita no mundo é o único caminho para o corpo desenvolver anticorpos permanentes que estarão para sempre protegendo contra a doença. [10] Comer alimentos orgânicos frescos ricos em nutrientes e um estilo de vida saudável também ajudam a impulsionar o seu sistema imunológico, permitindo-lhe superar e desenvolver resistência a doenças naturalmente.

Referências:

Leia mais:
autismo





Postagens populares

JESUS o único caminho

A B E N Ç Ã O DO SENHOR ESTEJA SOBRE OS SINCEROS

O SENHOR te abençoe e te guarde; o SENHOR faça resplandecer o seu rosto sobre ti e tenha misericórdia de ti; o SENHOR sobre ti levante o seu rosto e te dê a paz. Nm 6.24-26

Quem sou eu

Minha foto

Meu nome: Maurício Cerqueira, sou pastor da Assembleia dos Santos (Nome dado pelo Senhor em profecia) igreja do Senhor e seus remanescentes; pela misericórdia antes de ser consagrado pelo homem, tive o privilégio de ser consagrado pelo DEUS TODO-PODEROSO. Então, vivo para a Sua obra e persevero na Palavra, é necessário, pois me foi imposta esta obrigação (Jeremias 15:16). Tenho outro grande privilégio de trabalhar só para o Altíssimo e aprender a viver no dia a dia João 5:39; 14:21; Mateus 7.21; 22.37-39; I Coríntios 7:23; 13; Salmos 37.4; Provérbios 1.7; 2; Jeremias 15.16; 29.13 e 33.03... e a ser grato ao SENHOR que me proporciona todas as condições, me sustentando de todas maneiras para se concretizar o seu querer na vida deste servo inútil que lhe pertence. A L E L U I A

Receba atualizações por email

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

>